Páginas

#10 BEDA - Resenha Filme

Oi Oi Genteee


O post de hoje é sobre um filme que talvez muitas pessoas já tenham visto, pois quando foi lançado meio que virou uma febre aqui no Brasil né?!

Mas não vou falar dele com termos técnicos ou me baseando no livro, pois eu não li o livro =/
É, pois é, estranho, mas quando eu ouvi falar pela primeira vez, a minha primeira impressão era de que eu não iria gostar, porque quem me conhece sabe que prefiro filmes de ação, aventura, terror e comédia de dar muita gargalhada meeermo. 
E quando fiquei sabendo desse, vi que era mais um filme no estilo menininha, cheio de dramas e emoções, portanto fiquei meio receosa de assistir, só assisti ele depois de muito tempo já lançado e por insistência do meu marido (é do meu marido mesmo, você não entendeu errado não).


Já adivinharam né qual é o filme?! Depois de ter assistido ao bendito, confesso que rolaram algumas lágrimas, acho que tinham caído ciscos no meu olho, hahaha.
A sinopse do filme é assim:

Will (Sam Claflin) é um garoto rico e bem-sucedido, até sofrer um grave acidente que o deixa preso a uma cadeira de rodas. Ele está profundamente depressivo e contrata uma garota chamada Lou (Emilia Clarke) do campo para cuidar dele. Ela sempre levou uma vida modesta, com dificuldades financeiras e problemas no trabalho, mas está disposta a provar para Will que ainda existem razões para viver. 


Mas sinopse a parte, o que esse filme me ensinou é que não podemos desistir das pessoas fácil, afinal quando o sentimento é verdadeiro, ele pode transformar as pessoas, quem viu o filme ou leu o livro viu que por conta do acidente, Will não era um cara tão gentil e romântico assim, mas com o passar do tempo ele foi sendo transformado. 


Me ensinou também que como Lou era, não podemos ficar estagnados na vida ou em qualquer área de nossa vida, não podemos nos acomodar, temos que almejar a cada dia um novo sonho, uma nova etapa nas nossas vidas.
E se a Lou não levasse isso em consideração, se ela não pensasse em ir além daquele emprego na lanchonete (tudo bem que ela foi demitida,mas se ela não buscasse outra coisa), e se ela não tivesse tentado a vaga de emprego que não se encaixava a ela, e se ela mesmo aceitando o emprego fosse desistir na primeira semana (que por sinal , não foi nada nada fácil), nada teria acontecido, então como ela não podemos desistir fácil, pois sempre que quero desistir de algo meu marido me fala "Amor se for muito fácil é porque não vale a pena". Então temos que ser forte e perseverar até o fim.


Dentre esses e outros pontos, não vou citar senão o post fica muito grande e cansativo de ler (sei como é), só sei que esse filme entra para a lista dos filmes que #FizeramThamyresChorar 
Mas digo quem estiver procurando um filme que seja de princesa do começo ao fim, com um final belíssimo, não assista.
Agora por outro lado quem quiser um filme que vai te surpreender com tanta EMOÇÃO do início ao fim, pode assistir, esse é PERFEITO.

Amores da minha vida é isso, espero que tenham gostado, como disse que não iria falar em termos técnicos, não falei, portanto essa resenha/indicação foi do fundo do meu coração mesmo, com o que pude absorver pra minha vida na época que assisti, mesmo que de um simples filme. Quando a gente precisa de uma mensagem, a gente recebe ela, não importa como. 


Beijo Beijo :*



Quer saber sobre mais dicas, resenhas, tutoriais? Me sigam nas outras redes sociais para ficar por dentro de tudo ...
Youtube: youtube/c/thamyressenaa
Fã Page: facebook/tudomuitocolorido
Instagram: @thamyseena
Twitter: @thamyseena
Snap: thamy.sena




Topo